terça-feira, 12 de janeiro de 2016

[Resenha] Encarcerados - Fuga de Furnace #1


Ficha Técnica:

Livro: Encarcerados
Serie: Fuga de Furnace #1
Paginas: 315
Ano: 2012
Autora: Alexande Gordon Smith
Editora: Benvirá
Este livro foi enviado como cortesia para resenha.




  Esse é o primeiro volume da serie Fuga de Furnace. Como já deu para perceber pelo nome, a historia irá passar na prisão Furnace, mas essa não e como as prisões que vocês estão acostumados, ela foi construida em baixo da Terra, e tendo apenas uma saída, que é por onde você entra, que por sinal, é cercada por muros enormes, resumindo, não existe formar de fugir de lá.

  O livro é narrado em primeira pessoa por Alex Swair, um garoto de 16 anos, que foi incriminado pela morte de seu melhor amigo, e sabe por quem? Por um dos guardas da Furnace. Assim como Alex, outros garotos também estavam sendo incriminados e enviados para Furnance, e o motivo ainda permanece desconhecido, ou pelo menos até o final do livro.

  Alex, vai estar determinado a fugir dessa prisão, mas para isso ele vai precisar de ajuda. Na prisão, ele vai fazer amizade com dois garotos:

Donovan, o seu companheiro de cela, já está lá há 5 anos. Ele é forte e, é respeitado por todos, mas isso não quer dizer que ele esteja de bem com os guardas, mas vai ajudar Alex, a se adaptar a sua nova vida.

, assim como Alex, foi incriminado e enviado para lá. Não demorou muito e os dois se tornaram melhores amigos. Ele é um garoto esperto e com um incrível sendo de humor, e principalmente você pode contar com ele para qualquer coisa.

  Sobre as acomodações e a vida dos garotos em Furnance.

 Todos moram em uma cela pequena, com um colega de quarto. As celas sempre se fecham a noite, e abrem de manha na hora deles irem trabalhar. Os garotos são divididos todas as manhas para fazerem diferentes tarefas: Cozinhas, Escavar, Limpar banheiros e Lavar roupas. E eles comem três vezes ao dia, um tipo de lavagem - feita com restos de comida, muitas vezes podres.
  Além da comida, tudo parece normal, não é?

  Não, no meio da noite os guardas sempre pegam alguns garotos da suas celas, e - as vezes - alguns dias depois eles retornam a noite, mas de um jeito diferente, parecendo um animal sem consciência, e só para matar o seu companheiro de cela, e depois ninguém mais os vê.

  Acabei que nem mencionei como são os guardas, bom vamos lá.

  Eles são conhecidos como Ternos Pretos, o motivo é óbvio, mas eles também são super velozes e fortes, como se não fossem humanos. Além deles, ainda tem outros que usam um capacete, tipo de mergulhador - esse da capa -, que são os mais estranhos, sempre parecem que estão aponto de terem um ataque, mas eles não cuidam da segurança, e apenas vemos eles na hora que buscam algum garoto no meio da noite.

  A prisão é essa, os guardas são esses, e temos ainda um diretor muito sinistro, mas que só aparece duas vezes. Agora nos resta saber se Alex, será capaz de bolar um plano, e se ele vai conseguir fugir de lá com o e o Donovam - espero que sim.

"Esse definitivamente já é um dos meus livros favoritos, e não vejo a hora de ler os outros livros - que já estão comigo -, para saber como Alex irá conseguir fugir de Furnance, isso é claro, se ele conseguir."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa